XX - XY

sábado, agosto 23, 2003

Adivinhem quem se juntou à festa!!

Depois de larga e muito aturada insistencia, por parte do Mr Big Mac, decidi começar a contribuir para o nivel cultural e pedagógico desta página ou blogger ou o raio que seja!! Posso começar por vos dizer que acordei com um pequena mas "mui" aguda dor no lado direito da minha garganta. dá-me a sensação de ser uma afta. Até chego a pensar que seja uma espinha de peixe que comi na 4ª Feira. Cenas para ir ao Hospital e ficar em lista de espera para Novembro, isto, caso não haja nenhuma greve nos serviços públicos de saúde. Nessa altamente (im)provável situação iria assistir ao Natal dos Hospitais ao vivo e na 1ª fila! Enfim o nosso Portugal...
Posso vos dizer também que faço parte da "mui nobre" Confraria do Corno!! Sou o sócio nº 3 deste grupo de pessoas que um dia se tornarão maior que a massa associativa do S L Benfica, porque, acreditem ou não, há muito corno por esse mundo fora. E não há que ter vergonha de o ser, pois não passa de mais uma expriência de vida para uns e um modo de vida para outros!! Como diz o grande filsofo português, Bruno Lucas, "O que custa não é acartar os cornos, mas sim alimentar a vaca."
Existem vários tipos de corno, devidamente catalogados. Cá vai:



CORNO DESPACHADO - Aquele(a) que logo que descobre a situação põe um "terminus" à  relação.

CORNO CONSENTIDO - Aquele(a) que sabe que esta a ser enganado(a), engole a situação e continua a viver como se nada fosse.

CORNO IGNORANTE - Aquele(a) que nunca chega a saber que o é.

CORNO ENGANADO(a) - Aquele(a) que apesar dos sinais claros de traição, jura a pês juntos e acredita piamente que não é corno.

CORNO VINGATIVO - Aquele(a) que retribui com a mesma moeda, dando também umas "cambalhotas" fora de casa.

CORNO AGRESSIVO - Aquele(a) que parte para a violência fisica contra o companheiro(a) e terceiros.

CORNO LIBERAL - Aquele(a) que ao apanhar o parceiro(a) na cama com outro(a), junta-se a festa.

CORNO JUNKIE - Aquele(a) que para esquecer que é corno, consome drogas e alcool.

CORNO VOYEUR - Aquele(a) que quando apanha o companheiro(a) na cama, mantem-se escondido e observa enquanto se masturba.

CORNO MILIONÁRIO- Aquele(a) que sabe que é corno, mas, também sabe que nunca irá perder a sua companheira(o) devido a sua enorme conta bancaria e boa qualidade de vida (geralmente individúos acima dos 70 anos e casados com jovens)

CORNO POBRE - Aquele(a) que mesmo depois de descobrir a triste situação, faz um pé de vento, mas tem que continuar com o(a) parceir(o) senão perde a casa e o direito aos filhos e tem de arranjar um part-time para poder pagar a pensão alimentar destes, exigida pelo tribunal.

CORNO ULTRA SÓNICO - Aquele(a) que apanha a(o) companheira(o) a enganalo(a) com o empregado(a) de mesa na festa do seu próprio casamento.

CORNO SUÍCIDA - Aqule(a) que se mata depois de descobrir a terrivel verdade da sua condição.

CORNO HÚMORISTA - Aquele que conta anedotas sobre o corno e ri-se.

CORNO CHORÃO - Aquele(a) que ao descobrir a triste realidade passa o resto da vida a chorar como se não tivesse nada melhor para fazer da vida.

CORNO RELIGIOSO - Aquele(a) que reza a Deus na esperança de nunca o ser.

CORNO APROVEITADOR - Aquele(a) que se aproveita da sua situação para fazer pena aos outros afim de atingir os seus objectivos.

CORNO AZARENTO - Aquele(a) que no dia que é despedido, chega a casa apanha a(o) companheira(o) em flagrante delito, também apanha o(a) filho(a) na cama com o amigo(a), e cujo o carro é também roubado mais tarde nesse dia, depois de sair para tomar uma bebedeira e apanhar uma forte porrada do(a) porteiro(a) da discoteca mais foleira da cidade.

CORNO SORTUDO - Aquele(a) que ao sair de casa num acto de desespero, encontra um bilhete premiado da Lotaria Nacional no chão, caga na cena e segue com a sua vida agora rico(a).

CORNO VIRTUAL - Aquele(a) cujo a companheiro(a) mantem uma relação virtual via Internet com um desconhecido(a).

CORNO COMPULSIVO - Aquele(a) que acaba sempre enganado(a) independentemente do companheiro(a), país ou religião.

CORNO GENÉTICO - Aquele(a) que por herança genética paternal ou maternal, já nasce corno.

Como podem constatar há muitos tipos de corno, mas ainda há muitos desconhecidos.
Pedimos a todos aqueles que conhecam mais tipos de corno o favor de nos contactar. A vossa ajuda será um bem precioso à  Ciência.






Fiquem bem




posted by Goncalo at 8/23/2003 12:50:00 da tarde

0 Comments:

Enviar um comentário

<< Home